quarta-feira, 13 de abril de 2011

O retorno das almas perdidas


De tempos em tempos eu me pergunto: o que acontece depois?

Quando tudo acaba, será que acaba? Queria muito ter uma resposta para isso.

O chato é que os indícios que tenho, segundo anos de estudante de Biologia (rapaz, como admiro Darwin e Dawkins), é que depois de tudo não há nada.

Não há nada para quem espere alguma coisa além da reciclagem eterna.

3 comentários:

Ludmilla disse...

tem q ter alguma coisa. tem q ter...

por Rapha C.M. disse...

Olha, eu acho que tem um monte de coisas... Mas na sua grande maioria, tediosas... Deus que me perdoe, mas o céu parece ser um negócio de eterna introspecção, não sei se vou aguentar viver dentro de mim por uma eternidade...
Abç!

Rafael Pinheiro disse...

mantendo o ritmo tb...rs...
vc não usa msn?

rafael.