segunda-feira, 11 de abril de 2011

Gratidão

Às vezes esquecemos de agradecer a pessoas importantes na nossa trajetória. Em geral, quando agradecemos é meio que tarde.


Esse cara aí, chama-se Moisés Emílio de Carvalho Júnior. Foi meu primeiro Coordenador (first Boss rs), um cara tranquilo e extremamente justo. Essencialmente um bon vivant, Moisés não admitia que o stress da empresa afetasse sua vida privada.

Eu precisava agradecer esse cara, em primeiro lugar pela oportunidade, mas principalmente pelo perfil mais adequado que já encontrei para padronizar meu modo de lidar com meus subordinados.

Valeu Moisés!

5 comentários:

by Rapha C.M. disse...

Vim aqui retribuir a visita e dou de cara com um post que fala além de agradecimento, de relação com seus subordinados... Justo hoje, em que essa relação de empregado e empregador tá tirando o meu juízo!
Pra mim sempre foi muito difícil lidar com as pessoas... Já fui muito tempo vendedora, depois gerente, depois montei uma empresa para mim (que já passei pra frente graças a Deus), hoje só "comando" a babá da minha filha... E posso dizer que em todo esse percurso o mais difícil é lidar com as pessoas, mais precisamente seus subordinados... Já fui boba, já fui arisca, agora sou pacífica, mas é um aprendizado diário, lidar com pessoas é lidar com diversas emoções em mais de uma cabeça...
Hoje mesmo, to raspando gelo com a unha, pra exercitar a arte da paciência... Pq as vezes é impossível compreender...
Um Abç!

Ludmilla disse...

q interessante seu blog!

Ludmilla disse...

Fui fuchicar e gostei, agora tô seguindo :)
Tem até uma música com o meu nome aqui :)

Rafa @guapinharj disse...

é super importante agradecer Will.
Continue assim.


bjs

by Rapha C.M. disse...

Oi Will! Se você achar que serve, claro que pode... Agora acrescente algo motivacional pra que não fique só o lado ruim exposto...Mostre o quanto importante é o empenho de cada um da equipe (mesmo sendo palavras ao vento é necessário sempre repeti-las
de uma nova maneira).Aiii, aqui estou querendo fazer o seu trabalho... Desculpa a intromissão, é o costume...
Um Abç!